Causas e tratamento da diabetes descompensada

Para impedir que o diabetes mellitus entre em uma forma complexa que requer ingestão constante de insulina, é necessário aprender a controlar a doença. A droga mais recente contribui para isso Insumed, que ajuda a se livrar do diabetes “no nível celular”: o medicamento restaura a produção de insulina (que é prejudicada no diabetes tipo 2) e regula a síntese desse hormônio (que é importante para o diabetes tipo 1).

Diabetus Insumed - cápsulas para normalizar o açúcar no sangue

Todos os ingredientes que compõem o medicamento são baseados em materiais vegetais, usando a técnica de biossíntese, e estão relacionados ao corpo humano. Eles são bem absorvidos pelas células e tecidos, pois são aminoácidos que compõem as estruturas celulares. Componentes da cápsula Insumed normalizar a produção de insulina e regular o açúcar no sangue.

Informações detalhadas sobre este medicamento estão disponíveis na revista médica Obzoroff.info. Se você quer comprar Insumed com desconto, vá para site oficial do fabricante.

O diabetes descompensado é chamado de estado fisiológico do corpo, quando o nível de glicose no sangue não é ajustado e é significativamente diferente da norma. Isso pode levar ao desenvolvimento de complicações e danos aos órgãos do diabético.

Razões e perigos

Os motivos para essa condição podem ser não conformidade com a dieta, recusa de tratamento, uso de suplementos alimentares em vez de medicamentos, condições estressantes, dose de insulina inadequadamente selecionada. Muitas vezes, os pacientes não percebem todo o perigo para sua saúde. Pequenos desvios são expressos apenas na deterioração do bem-estar geral, que praticamente não é capaz de afetar a vida normal. Tais desconfortos podem ser facilmente removidos com insulina ou vários comprimidos de glicose. É precisamente nessa ignorância que o perigo está: as complicações podem se desenvolver por anos e até décadas, sem se mostrar até chegar à fase terminal, quando nem o próprio paciente nem mesmo os médicos experientes podem fazer nada, exceto eliminar temporariamente os sintomas.

Métodos de tratamento e prevenção

O tratamento desta doença não é possível. Devido ao funcionamento anormal do sistema imunológico do paciente, as células secretoras do pâncreas são destruídas e a capacidade de manter independentemente a homeostase no corpo é perdida. Durante o dia, os níveis de açúcar no sangue podem mudar rapidamente e a única maneira eficaz de manter um estado normal é monitorá-lo constantemente. Apenas vinte ou trinta anos atrás, os diabéticos precisavam usar os serviços de laboratórios e esperar várias horas para descobrir o resultado.

Insumed -   Medicamentos para diabetes

Atualmente, existem glicosímetros e tiras de teste especiais, graças aos quais é determinada a quantidade de açúcar no sangue. E você pode ajustar rapidamente os indicadores com a ajuda de hormônios ou algo doce. Além disso, para pacientes com diabetes, testes rápidos para determinação de corpos cetônicos na urina e prevenção de cetose serão úteis. São pequenas tiras de papel que mudam de cor após imersão na urina. O resultado deve ser comparado com as designações apresentadas nas instruções e, com base nisso, podemos julgar a presença de acetona. Se você não tiver esses testes, alterando o cheiro da urina para muito acentuado, bem como da boca e da pele, vale a pena entender a exacerbação da doença. Manter o controle desses dois indicadores ajudará a evitar muitas complicações no futuro.

Complicações do diabetes

A descompensação do diabetes acarreta várias complicações bastante comuns. A maioria dos pacientes tem pele seca e enrijecida, sua circulação sanguínea é prejudicada e suas propriedades protetoras são reduzidas. Nesse contexto, desenvolvem-se úlceras tróficas nas pernas ou no chamado pé diabético. Pápulas dolorosas podem aparecer: a pele fica fina, atrofia, muda de cor para amarelo ou vermelho. O tamanho da pápula pode chegar a 15 centímetros.

Em pessoas com descompensação prolongada do diabetes mellitus, há predominância de processos catabólicos no organismo e, como resultado, o desenvolvimento de osteoporose. Essa é a causa mais comum de incapacidade entre pacientes, incluindo jovens. Essa complicação é expressa na diminuição da densidade óssea e no aumento do risco de fraturas.

As lesões mais frequentes do sistema digestivo incluem problemas com a cavidade oral e os dentes (cárie, doença periodontal, sangramento nas gengivas), gastrite, náusea frequente e anorexia. Há um acúmulo de lipídios nas células do fígado, o que afeta negativamente os processos de formação e excreção da bile – a vesícula sofre.

As doenças renais em pacientes com diabetes mellitus geralmente são divididas em específicas e inespecíficas. O primeiro inclui alterações distróficas nos glomérulos e violações relacionadas à filtração do sangue.

O segundo – problemas com a bexiga e o trato urinário. A tendência a processos inflamatórios neles surge devido à diminuição do tônus ​​e condições favoráveis ​​ao crescimento e reprodução de bactérias.

Insumed -   Diabetes gestacional (2)

Uma das complicações mais graves observadas no diabetes mellitus descompensado é o dano aos vasos da retina do olho. Os estágios iniciais da doença começam com deficiência visual, dor, mudança de cor ou falta dela. Nos estágios posteriores, perda total ou parcial da visão pode ser observada. Outro problema comum em pacientes com diabetes é a turvação das lentes dos olhos – cataratas. Pode começar em diferentes partes da lente e ter várias conseqüências para os seres humanos. Com a turvação da periferia, a visão não muda de forma alguma, e a catarata é detectada absolutamente por acidente durante um exame realizado por um oftalmologista. Porém, quanto mais próxima do centro da lente ocorre a turvação, mais a visão muda até que se perca completamente. Esta doença é a causa mais comum de cegueira. Os pacientes são aconselhados a entrar em contato com um oftalmologista com experiência em trabalhar com diabéticos pelo menos uma vez por ano.

Glicemia muito baixa ou vice-versa, muito alta pode levar ao coma diabético. Isso pode acontecer de repente, portanto é especialmente perigoso para os motoristas. Se seu amigo, que sofre de diabetes, desmaiou e não pode ser trazido à consciência de forma alguma, deve determinar imediatamente o nível de açúcar (geralmente os pacientes sempre carregam glicômetros).

Em taxas baixas, uma injeção intravenosa de uma solução de glicose deve ser administrada ou o paciente deve receber refrigerante, suco ou xarope de açúcar. Se, pelo contrário, os indicadores são altos, é necessário fazer uma injeção intramuscular de insulina, os locais mais adequados para isso são os quadris, ombros e nádegas. Após estabilizar o nível de açúcar, o paciente recuperará a consciência em apenas alguns segundos. Essa condição é muito perigosa: alguns minutos de pensamento podem levar a danos cerebrais irreversíveis e até a morte.

Recomendações e Dicas

Se você ou seu membro da família sofre de diabetes, sempre leve um glicosímetro e um conjunto de tiras de teste, uma caneta de seringa com insulina ou vários pacotes de comprimidos de glicose. Graças a este pequeno conjunto, você pode acompanhar e ajustar sua condição.

Recomenda-se ser examinado regularmente por um endocrinologista e um oftalmologista, além de estar interessado em métodos avançados de tratamento do diabetes.

Seguindo essas regras simples, você pode minimizar ou até evitar completamente as complicações, manter sua saúde e viver uma vida longa e feliz.

Diabetus Portugal